JOSEFINAS Sister Hood

Josefinas Sister Hood
Josefinas Sister Hood

Quem disse que um chinelo não pode ser elegante? Também eu já o tinha afirmado em 2015, com o meu livro de moda, “Do Chinelo Ao Salto Alto”, com edição Bertrand. 

As novas Josefinas a partir de hoje. A marca portuguesa, que apenas cria sapatos rasos para mulheres, reinventou chinelos. Quem disse que chinelos não podem ser elegantes e poderosos? A Josefinas refuta esta ideia com Sisterhood, a sua mais recente edição, composta por dois chinelos feitos à mão por mestres sapateiros portugueses, que é uma prova de que a ligação entre amigas-irmãs é um laço para a vida.

Sisterhood é definido como sendo uma ligação entre mulheres que não são irmãs de sangue, mas irmãs de coração. Maya Angelou uma vez disse “Deixem-me lembrar a todas as mulheres que vivemos vidas mais longas e melhores quando temos irmãs que amamos, não necessariamente nascidas com o nosso sangue ou da nossa raça.” As palavras de Maya Angelou foram a inspiração por detrás da criação das Josefinas Sisterhood. Maria Cunha, CEO da Josefinas, afirma que “uma amiga-irmã não serve apenas para os ‘momentos fotogénicos’ que se colocam no Instagram. Por vezes é exatamente o contrário que prova a sua existência: são os momentos ‘menos fotogénicos’, impartilháveis, que te dizem que estás rodeada por uma amizade verdadeira.

A edição Sisterhood baseia-se em dois chinelos, ambos criados à mão por mestres artesãos Portugueses, um em pele rosa, outro em seda azul. Filipa Júlio, cofundadora e designer da Josefinas, afirma que o laço é propositadamente separado “mas quando junto, floresce em algo único, tal como a amizade no feminino.”

Comments

comments